Vivendo e Aprendendo

Experiência prática na administração de Banco de Dados

Clássicos Nacionais - Pollyanna

by Gilberto C. Andrade on 25 Outubro 2013

Tagged as: Diversão, Estou-lendo-e-você, Geral,

pollyanna-classicos-nacionais

Aos 11 anos, Pollyanna fica órfã e vai morar com a tia. Passa por muitos momentos difíceis, mas sempre encontra um motivo para ficar feliz. Curiosa e atrevida, essa menina transforma os lugares por onde passa e as pessoas que conhece, com seu incrível “Jogo do Contente”, descobrindo sempre alguma coisa para se alegrar e levando bom humor onde só havia amarguras, desencadeando em todo o mundo uma impressionante onda de esperança, de boa vontade e de entusiasmo, tornando-se símbolo da bondade e do otimismo.

comments powered by Disqus