Vivendo e Aprendendo

Experiência prática na administração de Banco de Dados

Cursor do notebook muda de lugar sozinho a todo instante na digitação

by Gilberto C. Andrade on 25 Julho 2014

Tagged as: Sistema-Operacional, Windows,

Há duas semanas (férias) em casa, venho percebendo um comportamento irritante no laptop de trabalho de minha esposa: cursor pula fora da linha e se coloca em outra posição, desordenando as palavras ou frase quando estamos digitando um texto. É impossível escrever no Word, Navegador ou Skype pois o cursor não tem estabilidade.

Uma ligeira pesquisa pelo Google você encontra outras pessoas na mesma situação. Pelo que entendi, lendo sobre o assunto em alguns fóruns, o problema está inicialmente no próprio usuário - o quê, em mim, vc questiona? Pois é, acidentalmente, quando digitamos fazemos leves toques no touchpad.
Outros, reclamam que mesmo desabilitando o touchpad o comportamento continua.

Enfim, existe um problema! Bom, o que fazer? O que fiz, pois não possuo laptop, foi compra um mouse usb para aliviar minha inabilidade com touchpad. Feito isso, descobri que o problema persistia mesmo procurando não tocar no touchpad. Agora vem a dica!

Verifique se o driver do touchpad está adequadamente instalado(precisa ser o do próprio fabricante). No meu caso, um Itautec Infaway 7550, aparece um ícone desse componente na barra de tarefas. A partir daí você pode acessar suas propriedades e marcar a opção “Desativar quando um mouse USB externo for conectado”.

ItautecInfaway7550 touchpad propriedades

ItautecInfaway7550 touchpad propriedades

Mas se você estiver melhor habituado com o touchpad, desabilite-o quando estiver digitando algum texto. Use o método acima ou identifique as teclas de atalho para essa tarefa. No laptop de minha esposa é só apertar a tecla Fn e o desenho do touchpad que fica na tecla F1 do teclado - tem laptops com um botão acima do touch para para desativá-lo. Sei que é irritante ficar habilitando e desabilitando esse componente a todo momento, mas não vi solução consistente ainda.

comments powered by Disqus